Prefeitura de Caratinga supera receita própria de anos anteriores Enviar por e-mail  Imprimir esta notícia Receber por RSS
29/10/2010 08:11:31

Com crise e queda nos repasse do FPM, prefeitura supera receita própria de anos anteriores

Mesmo com a crise financeira e com uma queda brusca nos valores repassados pelos Governos Estadual e Federal, a prefeitura de Caratinga conseguiu nos anos de 2009 e 2010 aumentar a receita própria do município. Os recursos advêm de arrecadações de impostos como IPTU, ITBI, ISSQN, IRRF, além de serviços administrativos, divida ativa e outros. Em 2007 e 2008, últimos dois anos da gestão anterior, a arrecadação com receita própria nos respectivo período, foi de R$ 8.574.038,67 (oito milhões, quinhentos e setenta e quatro mil, trinta e oito reais e sessenta e sete centavos) e 10.270.587,19 (dez milhões, duzentos e setenta mil, quinhentos e oitenta e sete reais e dezenove centavos). Ano passado a receita subiu para R$ 11.081.096,90 (onze milhões, oitenta e um mil, noventa e seis reais e noventa centavos) e em 2010, até o mês de setembro já havia sido arrecadado 10.719.117,24 (dez milhões, setecentos e dezenove mil, cento e dezessete reais e vinte e quatro centavos). A expressão deste valor dentro da receita total passou de 13,73% em 2008, para 17,09% em 2010.

Para o assessor contábil da Prefeitura, Rodrigo Morais Viana, o aumento na receita própria está diretamente ligado a credibilidade do governo e a organização dos setores tributário e fazendário “O que se observa é que quando a população acredita que o imposto que ela deve pagar será aplicado em benefícios para o próprio município, este pagamento é feito com mais facilidade. Outra questão importante é a organização dos setores onde ocorrem as arrecadações. No início de 2009 eles foram reformulados para garantir ao contribuinte mais segurança, facilidade e rapidez. Também implantamos o setor de geoprocessamento que tem nos permitido visualizar com clareza os vários impasses que infelizmente ainda acontecem, quando pessoas tentam burlar a legislação cometendo atos ilegais. Acho que esses foram os principais fatores para justificar este aumento benéfico para o município”, explicou.

De acordo com a secretária de Fazenda, Angelita Lélis, ainda com o aumento da receita própria a arrecadação do município é considerada baixa. “Estamos fazendo de tudo para reverter este quadro. Mas posso dizer que Caratinga ainda está engatinhando para isso. Nunca tivemos antes uma política que preparasse a cidade para receber grandes investimentos, atrair empresas e gerar realmente renda. Mas posso garantir que agora estamos nos preparando para isso”, disse.

A secretária ainda lembrou que foi com este recurso próprio que a prefeitura conseguiu realizar diversas obras nestes dois anos. “Como não tivemos muitos investimentos do Estado e da União tivemos que usar toda nossa receita própria na realização de obras de emergência e em serviços essenciais”, concluiu a secretária

Fonte: www.caratinga.mg.gov.br

Controle Conthabil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização.

 AO VIVO - As principais notícias da sua cidade
  23/07/15 - Receita Federal simplifica abertura e baixa de CNPJ
  28/05/15 - STF - Servidor público e divulgação de vencimentos
  20/03/14 - TCE disponibiliza portal de transparência para municípios mineiros
  13/09/13 - Capacitação aborda Planejamento e controle nos municípios
  04/09/13 - Fórum esclarece novas regras da contabilidade pública
 ARQUIVO - Acesse todas as notícias


,
Busca
Total de visitantes
3
5
1
5
2
1